16 de fev de 2010

DIVULGANDO LIVRO: Desenvolvimento infantil: Perspectivas de Atuação em Educação e Saúde



Organizadoras: Jáima Pinheiro de Oliveira / Tania Moron Saes Braga
Valor pela BOOK TOY: R$35,00 www.booktoy.com.br

"...a obra organizada pelas Professoras Jáima Pinheiro de Oliveira e Tania Moron Saes Braga, reúne textos que analisam diferentes aspectos do desenvolvimento infantil, com as contribuições que se situam na interface entre saúde e a educação. Nessa análise, embora cada capítulo aborde aspectos específicos, os autores tiveram a preocupação de buscar a integração de diferentes temáticas tratadas, de modo a favorecer a visão global do processo evolutivo. É visível também o esforço para que concepções sociais acerca do desenvolvimento infantil e práticas educativas destinadas a crianças componham o quadro de referência para análise de questões específicas. A presença de capítulos que tratam de questões relativas á família, educação infantil e serviços de atendimento em saúde mostra claramente a preocupação em contextualizar convenientemente o fenômeno do desenvolvimento infantil. O leitor poderá fazer a sua leitura nessa perspectiva, interpretando o desenvolvimento infantil como um fenômeno cuja constituição depende também de construções sociais..." (Sadao Omote).


Sumário
Capítulo 1
Fatores de risco para o desenvolvimento infantil (Carmem Gracinda Silvan Scochi, Cristina Ide Fuginaga, Maeby Caseker Weiss, Jáima Pinheiro de Oliveira)

Capítulo 2
Aspectos socio-efetivos no desenvolvimento infantil (Tania Moron Saes Braga)

Capítulo 3
Aspectos familiares no desenvolvimento infantil (Kátia Simone da Rosa Bianchi)

Capítulo 4
Desenvolvimento sensório-motor: enfoque do nascimento aos 24 meses (Franciane Teixeira de Oliveira, Lígia Maria Presumido Braccialli)

Capítulo 5
Crescimento das estruturas e desenvolvimento das funções do sistema estomatognático (Cristiane Faccio Gomes)

Capítulo 6
O desenvolvimento das habilidades auditivas (Mônica Barby Muñoz, Michelly Santos de Andrade)

Capítulo 7
O processo de aquisição e desenvolvimento da linguagem e sua interface com a educação infantil (Jáima Pinheiro de Oliveira, Tania Moron Saes Braga, Edna Zakrzevski Padilha, Ana Cândida Schier)

Capítulo 8
A criança e o interlocutor no processo de aquisição da escrita (Renata Pelloso Gelamo, Julyana Chaves Nascimento)

Capítulo 9
Atuação fonoaudiológica nas escolas: aspectos de audiologia educacional (Juliana de Conto, Carla Cristina Polido Pires Ricci, Ana Paula Zaboroski)

Capítulo 10
A educação infantil e as suas implicações no processo de desenvolvimento (Rafael Siqueira de Guimarães)

Capítulo 11
Algumas considerações sobre o favorecimento do processo de desenvolvimento e a aprendizagem (Ana Paula Zaboroski, Jáima Pinheiro de Oliveira)

Capítulo 12
Aspectos ligados à intervenção precoce (Cibelle Kayenne Martins Roberto Formiga)

Capítulo 13
Agentes comunitários de saúde (ACS) e educadores em saúde: uma parceria para a promoção do desenvolvimento infantil em ambiente domiciliar (Jáima Pinheiro de Oliveira, Michelly Santos de Andrade, Eliziane Gai, Gilmar de Carvalho Cruz)



Se tiver interesse em adquirir o livro pode entrar em contato comigo!

COTONETES MACHUCAM OS OUVIDOS?



Sim!! Não se deve introduzir nada nos ouvidos e, quanto menos mexermos neles, menos problemas teremos. O cerume é uma secreção produzida pela própria pele do conduto auditivo e tem a importante função de proteger tanto essa delicada pele quanto a membrana do tímpano. A falta dessa proteção facilita a ocorrência de irritações que evoluem para inflamações, otites ou para coceiras, chamada de eczema. Por isso, é um grande erro querer limpar o conduto auditivo; o cerume NÃO deve ser removido. O uso indevido do cotonete leva à remoção do cerume ou, então, faz com que ele seja deslocado para o fundo do conduto auditivo, causando as chamadas "rolhas de cerume" que obstruem a passagem do som.

Não é raro, também, observarmos acidentes com o cotonete, principalmente em crianças, com ferimentos às vezes graves para o ouvido. No máximo, sugere-se limpar a entrada do conduto externo com uma toalha durante o banho. De qualquer maneira, jamais introduzir cotonetes, botões, tampinhas, lápis, grampos de cabelo, fósforo ou feijão no ouvido e perambular pelo banheiro como muita gente faz. Isso é causa de acidentes gravíssimos.

Além disso, fique atento se crianças ou adultos:- Se assustam com portas que batem.
- Olha e/ou responde quando alguém chama.
- Escuta a campanhia da casa e do telefone

Se não reage a esses sons, é sinal que pode não estar ouvindo bem!
Não fique em lugares onde o barulho é muito forte. O excesso de barulho pode prejudicar a audição.

Se você ficar em duvida quanto à sua audição ou de algum conhecido, procure um médico ou um fonoaudiólogo, eles poderão esclarecer as suas dúvidas e realizar os exames necessários.